quarta-feira, 20 de junho de 2012

Maria Joaquina sofre com o castigo do silêncio dos colegas de sala

Fotos do capitulo dessa quarta-feira:
Maria Joaquina é esnobada pelos colegas após contar que Marcelina está colando

Maria Joaquina é esnobada pelos colegas após contar que Marcelina está                colando

Maria Joaquina sonha que colegas são seus empregados

                        Maria Joaquina sonha que colegas são seus empregados

Maria Joaquina diz que tem dinheiro para calar a boca de todos

         Maria Joaquina diz que tem dinheiro para calar a boca de todos

capítulo 23 - qua - 20/6Valéria revela a Carmen e Laura que não aguenta mais Maria Joaquina. Valéria comenta que não sabe como Cirilo pode gostar de uma menina tão metida e fofoqueira. A Patrulha Salvadora faz uma assembleia na casa abandonada para julgar Maria Joaquina Medsen. Os integrantes da Patrulha se voltam contra Paulo, pois ele também é mexeriqueiro. Paulo fala a todos sobre o seu plano contra Maria Joaquina. Ele fantasia colocar formigas grandes na cama da menina. Cirilo o enfrenta ao dizer que se ele fizer mal Maria Joaquina, vai sofrer as consequências. Carmen tem uma ideia: a de tratar Maria Joaquina com indiferença, como uma sombra. A Patrulha aceita a ideia de Carmen e a chama de castigo do silêncio. Cirilo afirma a todos que Maria Joaquina merece uma chance. Em sua casa, Maria Joaquina escreve em seu tablet que não suporta mais aquela “gentinha” da escola. Maria Joaquina começa a sonhar acordada: ela está à beira da piscina e Jaime, Paulo e Cirilo são os seus empregados. Em suas fantasias, Daniel é seu marido. Helena pergunta a Daniel o que eles decidiram fazer com a Maria Joaquina na assembleia. Daniel revela a Helena que ficou decidido que Maria Joaquina vai sofrer o castigo do silêncio. Helena questiona Daniel se ele acha certo julgar alguém. Maria Joaquina entra e diz que vai aguardar o sinal tocar na sala, pois ficou sabendo que querem cometer selvagerias contra ela. Maria Joaquina afirma a Helena que é um favor que eles fazem em não dirigir a palavra a ela. Helena comenta com a menina que ela pode ter uma vida solitária. Maria Joaquina afirma que todos a odeiam porque é uma ótima aluno, vive em uma casa luxuosa e tem dinheiro para tapar a boca de todos. Helena fica perplexa e pede para aluna esperar no pátio ao lado dos outros alunos. No pátio, as crianças estão brincando e tratam Maria Joaquina com indiferença. Ela fica isolada por dias. Maria Joaquina comenta com os pais que faz uma semana que ninguém conversa com ela na escola. Ela reconhece que está sofrendo o castigo do silêncio e não aguenta mais tanta solidão e desprezo. Paula percebe que Cirilo está triste. Ela pergunta ao filho por que ele não sorri mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

-Comentem o quanto quiser,que responderei quando possível.